Dom30042017

Última atualizaçãoSex, 28 Abr 2017 5pm


Back Você está aqui: Home Ação Cultural Segmentos Artes Cênicas Fundação de Cultura se reúne com grupos de teatro, circo e contação de histórias

Fundação de Cultura se reúne com grupos de teatro, circo e contação de histórias

Encontro apontou demandas do setor e mostrou necessidade de união

Dando início a um processo de proximidade com os segmentos artísticos, representantes da Fundação Municipal de Cultura se reuniram na última semana com cerca de 30 artistas das áreas do teatro, circo e contação de histórias, além de articuladores da comunidade. O encontro, que aconteceu no Centro de Cultura, serviu para abrir um espaço de diálogo com os fazedores culturais, além de discutir propostas para a realização do Festival Teatro e Circo em Festa 2017, em parceria com o SESC.

Participaram da reunião os grupos Paralel’os’, Paré, Letras Cênicas, Dia de Arte, Na Cia das Histórias, Ação Teatro, Núcleo de Contadores de Histórias Conta Ponta Conta, Trupe Algodão Doce, Palhaço Picolé, Viva Mais Escola de Circo e Centro de Estudos Cênicos Integrado (CECI), além de representantes do SESC e do Conselho Municipal de Política Cultural. O encontro foi mediado pelo novo diretor do Departamento de Cultura, Eduardo Godoy, que apresentou a equipe que vai trabalhar com este segmento, formada por Alfredo Mourão, chefe da Seção de Literatura e Teatro, e Luiz Cirillo Barbisan, diretor do Cine-Teatro Ópera, todos sob chefia de Fernando Durante, que tem uma trajetória importante no teatro ponta-grossense.

“Nesta nova fase da Fundação de Cultura, nosso objetivo é nos aproximar de quem produz cultura na cidade para ampliar as ações. Esta primeira reunião serviu para apontar caminhos a serem seguidos com os grupos de teatro, circo e contação de histórias”, apontou o diretor. Segundo ele, algumas ações já estão sendo levadas adiante, como a proposta de isenção da taxa de utilização do Cine-Teatro Ópera para grupos locais, a desburocratização de processos solicitando locais de ensaio, a retomada do auditório C do Cine-Teatro Ópera, ações de descentralização das atividades nos bairros, entre outros.

“Propomos aos grupos que se unissem formalmente, para ganharem força e trabalharem em conjunto, a exemplo de alguns cases que deram certo, como os microcervejeiros e os artesãos. Sentimos que eles saíram de lá empolgados e não vamos decepcioná-los”, disse Godoy. A primeira ação prática será o Festival Teatro e Circo em Festa 2017, programado para os dias 22 a 30 de março. 

O conselheiro do setor, Helcio Kovaleski, avaliou positivamente o encontro. "Há um bom tempo Ponta Grossa não via esse interesse dos grupos em se unir. Parabenizo a Fundação de Cultura pela iniciativa e me sinto esperançoso que o poder público atenda estas questões", afirmou. Kovaleski, que está preparado um documento com sugestões a partir das falas da reunião, colocou o Conselho Municipal de Políticas Culturais à disposição dos artistas para auxiliar na defesa das demandas.

 

 

 

 

Unidades Culturais


 

Editais

  • Artes Cênicas
  • Artes Populares
  • Artes Visuais
  • Literatura
  • Música
  • Artes Integradas

Política Cultural

Patrimônio Cultural