Dom30042017

Última atualizaçãoSex, 28 Abr 2017 5pm


Back Você está aqui: Home Ação Cultural Segmentos Artes Visuais Cartunistas lançam exposição ‘Eu Acredito em Fantasma’

Cartunistas lançam exposição ‘Eu Acredito em Fantasma’

Mostra une paixão pelo futebol e por ilustrações

A exposição ‘Eu Acredito em Fantasma’ reúne charges e ilustrações produzidas por cartunistas de Ponta Grossa no calor da véspera da final do Campeonato Paranaense 2015. A abertura do evento acontece nesta quinta-feira, 21, às 20h30, no Cine-Teatro Ópera e é uma realização do Clube de Humor e Quadrinhos Barão de Itararé, com apoio da Fundação Municipal da Cultura.

A exposição se inspirou no clima de agitação esportiva e cultural promovida pelo Operário por sua campanha no Estadual. “A expressão da torcida operariana dizendo ‘Eu Acredito em Fantasma’, que tomou redes sociais e se colou em vidros de carros, expressa a criatividade dos torcedores. O Clube de Humor apenas reconhece e aplaude essa expressão, que torna impossível alguém ouvi-la e não sentir alguma simpatia por ela”, afirma um dos curadores da exposição e coordenador do Clube, Ben-Hur Demeneck.

“Nossa intenção era a de contribuir com este momento abrindo espaço para quem quisesse expressar aquela emoção com uma ilustração”, diz Erickson Cruz, um dos artistas. Os cartunistas divulgaram as charges e ilustrações nas redes sociais. Nas produções, foram utilizadas diferentes técnicas e instrumentos de produção, dos mais tradicionais aos digitais - lápis preto, lápis de cor, pincel e nanquim; nanquim em traços, nanquim em pontilhismo; e renderização digital. 

Ben-Hur conta que a repercussão foi positiva: o álbum #EuAcreditoemFantasma teve aproximadamente 18 mil visualizações apenas em uma das redes sociais. Segundo o cartunista, para um grupo independente de criadores, é um número bem expressivo. “Se considerarmos que se trata de uma forma de arte, é mais expressivo ainda”, comenta. 

A exposição reúne obras de Dinho Lascoski, Erickson Cruz, Hugo Alex, James Robson França (‘Sádico’), Melissa Garabeli e Roque Sponholz. A curadoria é de Erickson Cruz e Ben-Hur Demeneck.

 

Clube de Humor e Quadrinhos completa seis meses

O Clube de Humor completou seis meses de atividade recentemente. O nome do grupo homenageia um humorista contemporâneo a Getúlio Vargas. O ‘Barão de Itararé’ promove encontros quinzenais no Cine-Teatro Ópera, e um de seus objetivos é se tornar uma referência em HQ e Humor no Paraná, porém, sem ter a pretensão de ser “a” visão dos Campos Gerais.

O Clube é um ponto de encontro que acolhe o pensamento e a criação de quem reside ou circula por Ponta Grossa. O Clube também discute os limites do humor e defende a liberdade de expressão. “Um clube com uma proposta bem simples: divulgar personagens ligados ao humor e às Histórias em Quadrinhos, artistas gráficos locais e os consagrados mundialmente, fomentar e incentivar as produções locais”, pontua Erickson Cruz.

Mais informações podem ser consultadas na página do Clube de Humor e Quadrinhos Barão de Itararé no Facebook.

 

 

 

 

Unidades Culturais


 

Editais

  • Artes Cênicas
  • Artes Populares
  • Artes Visuais
  • Literatura
  • Música
  • Artes Integradas

Política Cultural

Patrimônio Cultural