Ter28022017

Última atualizaçãoQua, 22 Fev 2017 1pm


Back Você está aqui: Home Institucional FMC-PG História

História

A Fundação Municipal de Cultura, instituída pela Lei nº 11219/2013, de 1º de janeiro de 2013, tem por finalidade planejar, promover, coordenar, executar e acompanhar as ações culturais do Poder Público Municipal no âmbito da produção, memória e difusão, bem como fomentar as manifestações artístico-culturais dos diversos segmentos da sociedade.

História

Inicialmente, a área cultural do município funcionava junto ao Departamento Municipal de Educação, criado pela Lei nº 742/1954, de 29 de novembro de 1954.

O primeiro Departamento de Cultura de Ponta Grossa passou a funcionar quando foi instituída a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, pela Lei nº 2947/1977, de 8 de agosto de 1977, revogada pela Lei 4291/1989, de 10 de agosto de 1989.

Por meio da Lei nº 5733/1996, de 20 de dezembro de 1996, a Cultura passou a ser representada como pasta própria no âmbito da administração municipal, sendo criada a Secretaria Municipal de Cultura. 

A Lei nº 6678/2001, de 26 de janeiro de 2001, estabelece que o órgão cultural passa a funcionar como entidade da administração municipal indireta, sendo instituída a Fundação Cultural Ponta Grossa, pela Lei n. 6680/2001, na mesma data.

Em 29 de dezembro de 2005 é instaurada a Lei nº 8433/2005, que extingue a Fundação Cultural Ponta Grossa e cria a Secretaria Municipal de Cultura, junto à estrutura administrativa do poder executivo pontagrossense.

A atual configuração da entidade, dentro da administração indireta municipal, passou a funcionar à partir de 1º de janeiro de 2013, com o nome de Fundação Municipal de Cultura.

Mansão Vila Hilda

Foi construída em 1926 por Alberto Thielen, industrial, comerciante e figura de destaque na história de Ponta Grossa. O nome da mansão é uma homenagem a sua esposa Hilda Thielen. O casarão possui dois pavimentos que abrigavam a família e os serviçais da casa. O interior da mansão possui pinturas que retratam motivos europeus além de paisagens locais. Foi tombado como Patrimônio Cultural do Paraná em 1990.

A partir de 1966, após desapropriação pelo poder público, mediante indenização em dinheiro, recebeu as instalações da Biblioteca Pública, que pertencia ao Departamento de Educação e Cultura. Desde então, abriga a estrutura administrativa cultural do município. Na atualidade, é sede da Fundação Municipal de Cultura.

 

Unidades Culturais


 

Editais

  • Artes Cênicas
  • Artes Populares
  • Artes Visuais
  • Literatura
  • Música
  • Artes Integradas

Política Cultural

Patrimônio Cultural