Dom30042017

Última atualizaçãoSex, 28 Abr 2017 5pm


Back Você está aqui: Home Unidades Culturais Unidades Culturais Biblioteca Pública Municipal Biblioteca Pública está adaptada para receber pessoas com deficiência

Biblioteca Pública está adaptada para receber pessoas com deficiência

Ações fazem parte de projeto de democratização do acesso à cultura em Ponta Grossa

Desde a sua inauguração, em dezembro de 2012, a Biblioteca Pública Municipal Prof. Bruno Enei, mantida pela Fundação Municipal de Cultura de Ponta Grossa, vem buscando ampliar sua acessibilidade para todos os cidadãos. Na época em que se celebra a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual ou Múltipla, a unidade comemora por poder prestar um atendimento amplo e democrático, recebendo visitas de diversos grupos de pessoas com deficiência.

Prova disso, são as diversas visitas monitoradas já agendadas para este mês. Nesta quarta-feira, 20, a Biblioteca recebeu os alunos com deficiência auditiva do Centro Ponta-grossense de Reabilitação Auditiva e da Fala (Cepraf) Geny Ribas, e alunos com deficiência física e intelectual severa do Recanto Espírita Maria Dolores. Os visitantes puderam conhecer o espaço e ter contato com a literatura por meio de audiolivros, livros com textura e livros com opções sonoras. “O objetivo destes materiais é trabalhar com o estímulo às percepções, seja por meio do tato, da visão ou da audição”, explica a coordenadora da Biblioteca, Gisele Aparecida França.

No próximo dia 22, alunos da APACD Noly Zander farão o passeio à unidade cultural. Já no dia 27, é a vez de outras crianças e adolescentes do Recanto Espírita Maria Dolores conhecerem o espaço. Além de receber, os servidores da Biblioteca também farão uma visita este mês. No dia 26, eles levam à Associação Artesanal do Excepcional (Assarte) diversas contações de histórias e outras atividades para os atendidos pela entidade.

“Este é o primeiro prédio da Biblioteca Pública que conta com recursos de acessibilidade, como elevador, banheiro adaptado, indicações em braile, estacionamentos demarcados, entrada sem desnível e portas largas”, conta Gisele. Além disso, ela e outra servidora estão se especializando em Libras (Língua Brasileira de Sinais), para poder prestar um bom atendimento aos visitantes com deficiência auditiva. “Existe uma justa cobrança social para que o poder público implemente de forma efetiva ações de acessibilidade e democratização do acesso à cultura. E é justamente isso que estamos fazendo, tornando nossos equipamentos culturais acessíveis e democráticos, para que todos os cidadãos ponta-grossenses possam usufruir de maneira integral das ações e atividades”, afirma o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Paulo Eduardo Goulart Netto.

 

Unidades Culturais


 

Editais

  • Artes Cênicas
  • Artes Populares
  • Artes Visuais
  • Literatura
  • Música
  • Artes Integradas

Política Cultural

Patrimônio Cultural