Cultura PG

Notícias e Artigos do Portal Culturapg

Preenchimento labial: o que é, preço e quem pode fazer

O preenchimento labial é um procedimento estético feito com agulha ou cânula para a introdução de substâncias na lugar dos lábios com fim de delinear seu contorno, aumentar o volume ou até bem projetá-los.

É considerado um comportamento minimamente invasivo e não uma cirurgia, já que não necessita de centro cirúrgico para a execução, podendo ser feito em consultório médico.

Tipos

Existem três tipos de preenchimento labial: os temporários, os semi-permanentes e os permanentes. Hoje em dia, o preenchimento labial temporário feito com acerbo hialurônico (AH) é o mais encomendado entre os especialistas.

  • Temporários:

são feitos com ácido hialurônico, um material segurado e totalmente aceito pelo nosso organismo, ou com gordura autógena, que é fugida do próprio corpo (de áreas como culote e face confina do joelho) ou obtida através de lipoaspiração.

“Ao recorrer gordura autógena, a constituição absorve 30% a 40% do enxerto, mantendo o restante. Porém, por se tratar de células vivas, essas células de gordura podem aumentar caso a pessoa ganhe peso, o que nasce no aumento excessivo da boca. Logo, o ácido hialurônico torna-se uma alternativa mais eficaz”

  • Semi-permanentes:

já estes são feitos com hidroxiapatita de cálcio e poli lactona. Como podem provocar a formação de granulomas e caroços, não são indicados para uso nos beiços.

  • Permanentes:

neste se usa silicone, PMMA ou metacrilato, substâncias absolutamente sintéticas, que não são produzidas pelo corpo. Elas desenramem provocar reações imediatas ou tardias, pois não conseguem ser absorvidas pelo organismo.

Como é feito o preenchimento labial

Antes de tudo, devemos desenhar que você deve filtrar um médico especialista e com certidão de cirurgião plástico, dermatologista ou cirurgião dentista. É imprescindível que seu preenchimento labial seja feito com um equipe multidisciplinar para que você consiga um resultado com eurritmia facial.

Sobretudo, antes de consumar o procedimento, procure qual consequência será aplicado. Inclusive, na cataloga médica, ele escreve o produto usado e a área a ser tratada. Assim sendo, o preenchedor costuma ter um número de lote na seringa. Tanto é que é conveniente o médico guardar esse selo no prontuário do paciente.

Procedimento

Voltando ao assunto de como é assentado o procedimento, é importante que você saiba que cada tipo é ato de uma forma desirmanado. Como por exemplo, se o seu caso for com acerbo hialurônico, antes de tudo, eles irão aplicar uma anestesia sob os lábios do paciente. Ela pode ser injetável ou tópica.

Primeiramente, sem a anestesia você provavelmente sentirá um desconforto, e um pouco de dor. agora se houver a anestesia, é comum que os doentes não sintam nada, apenas a pressão da mão dos profissionalApós. alguns minutos da anestesia, é injetado o produto com uma agulha ou microcânula. Normalmente, o produto já vem adentro de uma seringa de 1 ml, adjacente com agulhas.

O resultado será de acordo com o gosto do paciente. Por exemplo, pode ser para dar dimensão, definir o contorno ou acondicionar defeitos dos lábios. Agora, em que ocasião o procedimento é assente com enxerto de gordura retirada da própria pessoa deve-se a gordura antes do ato. Logo depois, ela poderá ser injetada com microcânula, após a anestesia local nos lábios.

Quanto custa um preenchimento labial?

Com certeza, o custo desse procedimento desperta curiosidade. Contudo, antes de mais insignificância, é preciso dizer que o preço pode variar muito. Até motivo tudo modifica dependendo do médico, das técnicas utilizadas, da marca do produto, da plaga e de outros fatores.

Assim sendo, o preenchimento labial varia d R$ 10.000, à R$ 5.000.

Mas, como você já deve imaginar, nem sempre o mais banal é o melhor. É grande que você busque por especialistas experientes nesse tipo de porte e que, a cima de tudo, ele use produtos de alta espécie. Portanto, tenha cuidado.

FONTE: https://www.r7.com/

FONTE: https://www.terra.com.br/noticias/

FONTE: https://noticias.uol.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *